Escolha uma Página

Você já pensou em montar um grupo/ministério de dança e se sentiu perdido?
Veja algumas dicas em resumo abaixo:

1º O CHAMADO

A primeira coisa mais importante é o chamado e gostar da adoração através da dança.
Não basta apenas querer ter um ministério de dança, é necessário receber o chamado para que ele aconteça e dê muitos frutos.

Dobre o joelho e ore pedindo para Deus te abençoar nesse novo trabalho, para que Ele te oriente no que é melhor e te fale o momento certo para começar.

Busque a face de Deus de todo coração e tenha certeza que da melhor maneira Ele fará e as ideias irão surgir.

“Não fostes vós que me escolhestes, mas eu vos escolhi a vós e vos constituí para que vades e produzais fruto, e o vosso fruto permaneça” João 15:16

2º ENTENDER O QUE É E O OBJETIVO

O objetivo de um Ministério de Dança é adorar a Deus e proclamar sua palavra através do movimento, levar e ensinar o evangelho de forma criativa com os dons e talentos que Deus lhes deu.
Ensinar aos membros que eles não são apenas dançarinos mas sim adoradores, e que terão a oportunidade de crescer no conhecimento de Deus através da obra.

A dança só terá valor se salvar, curar, restaurar e edificar, sempre estando na presença de Deus.

“Vós sois o sal da terra; e se o sal for insípido, com que se há de salgar? Para nada mais presta senão para se lançar fora, e ser pisado pelos homens” Mt 5:13

Somos observadas por todos aqueles que buscam algo de Deus em nós. A vida do ministro deve ser tratada antes de estar à frente da igreja.

“Mas, como é santo aquele que vos chamou, sede vós também santos em toda a vossa maneira de viver; Porquanto está escrito: Sede santos, porque eu sou santo.” 1 Pedro 1:15,16

Lembre-se que não estarão dançando para enfeitar o púlpito da igreja sem propósito, através dos nossos atos temos que refletir o caráter de Cristo.

3° O LÍDER

É interessante que o líder tenha alguma experiência em dança ou que se interesse em se aprimorar. Que conheça os objetivos e o que é um ministério de dança citado anteriormente.

Características básicas: Responsabilidade, comprometimento, boa comunicação, dinamismo, senso de justiça, liderança e ter uma vida em comunhão e intimidade com Deus.

Além do líder é importante ter um vice líder ou um auxiliar com mesmo perfil acima, que auxiliará nas decisões, planejamento e assumirá a responsabilidade na ausência do líder.

4º INTEGRANTES

Quem chamar? Onde? Como?

O principal antes de escolher alguém é orar e pedir para Deus que te oriente na escolha.

O convite deve ser efeito com calma, explicando os objetivos citados anteriormente. Poderá ser feito em diversos lugares, em especial na igreja onde você encontrará facilmente pessoas dispostas, como no grupo de jovens, grupo de orações, etc.

Na procura você encontrará pessoas talentosas, outras com qualidades específicas e outras que vão parecer não levar jeito, mas todos poderão ter a mesma oportunidade. Dependerá do esforço de cada um, para um bom desenvolvimento corporal e espiritual.

“Deus não escolhe os capacitados, mas capacita os escolhidos.” Albert Einsten

Leve em consideração separar os grupos em faixa etária de crianças e jovens, pois é importante respeitar as limitações de cada idade.

5º RENIÃO COM O GRUPO

Faça uma reunião com grupo para definir alguns itens:

– O nome do grupo, assim como no chamado é necessário orar para surgir ideias, mas dessa vez faça em grupo.
– Estabelecer as regras e se possível imprimir e entregar para cada integrante. As regras são necessárias para colocar ordem e disciplina.
– Dias, horários e locais para o ensaio.
– Definir como vão arrecadar dinheiro, para figurinos, acessórios, etc.
– Trocar ideias, vocês são um grupo e todas as ideias são importantes.

6º ENSAIOS

Nos próximos posts terão mais dicas de postura e coreografia, mas vou resumir algumas dicas.

Em todos ensaios é importante:

– Orar antes de iniciar e ao terminar.
– Alongar para prevenir acidentes.
– Vestir roupas confortáveis que não impeça o movimento, para um bom desempenho.
– Cabelos presos, para não atrapalhar os movimentos.

7º COREOGRAFIA

Para buscar inspirações de coreografias, assista na internet vídeos com coreografias prontas, mas não deixe de ser criativo, crie suas próprias coreografias, ore e peça orientação para Deus, e seja instruído pelo Espirito Santo.

Ao criar a coreografia pense na mensagem e não em simplesmente em fazer algo bonito.

8° FIGURINOS

Existem diversos tipos de figurino, vou colocar algumas dicas nos próximos posts detalhando cada um.

O principal fator para se definir um figurino é o estilo da dança, existem muitos modelos na internet, que poderão ser utilizados como base.

Tenham muita cautela com relação à roupa. Não use roupa colada, curta, decotada e transparente para não ficar vulgar.

9° ONDE DANÇAR

Converse com o pastor da sua igreja, e peça oportunidade para dançar nos cultos e eventos. Verifique também a possibilidade de dançar em outras igrejas.

10º DIVULGAÇÃO

Para ajudar na divulgação utilize ferramentas da internet como: Facebook, Twitter, Blog, Youtube. Também poderão distribuir panfletos.

Espero que as dicas tenham ajudado.
Lembre-se sempre que os nossos dons e talentos foram dados por Deus, a dança é adoração, não apenas um espetáculo, é anunciar o amor de Deus, alcançar, restaurar e abençoar vidas.
Não deixem se deslumbrar com dança e sim se deslumbre com Jesus.
Que Deus abençoe seu ministério.

“Se alguém falar, fale segundo as palavras de Deus; se alguém administrar, administre segundo o poder que Deus dá; para que em tudo Deus seja glorificado por Jesus Cristo, a quem pertence a glória e poder para todo o sempre. Amém.”
1 Pedro 4: 11

Pin It on Pinterest

Share This